Como se amar mais ?

A Autoestima é muito mais do que apenas como pensamos sobre nós mesmos. É o que sentimos por nós mesmos, baseado em uma crença fundamental sobre si mesmo e o nosso lugar no mundo, ela influencia fortemente como nos comportamos em muitas situações e circunstâncias. Portanto, a Autoestima saudável é pilar de uma vida equilibrada e o bem estar geral de uma pessoa. 

Ter amor próprio é um pouquinho mais do que só gostar de você mesmo e reconhecer as próprias forças e qualidades. Ter amor próprio é se aceitar ao reconhecer em si as fraquezas, os defeitos e  erros cometidos e acolhê-los com amorosidade e compaixão. É ter importância para si mesmo, e ser responsável pela própria felicidade. É saber dizer não para algo ou alguém que passe do seu limite. É tratar-se com dignidade. É não permitir que alguém diminua o seu valor. É saber o seu próprio limite e respeitá-lo. Se elogiar e saber receber elogios. Se por em primeiro lugar.

O caminho para desenvolver a Autoestima e se amar mais é pessoal para cada um, e é um exercício de dedicação constante, de toda uma vida. Não basta simplesmente decidir, ações conscientes são necessárias na construção de qualquer relacionamento e não é diferente consigo mesmo. Sugiro alguns pontos a serem considerados e trabalhados:

1. AUTOCONHECIMENTO:  Tenha consciência de  quem é você. Do que você gosta, do que não gosta. Quais são as suas qualidades e os seus pontos fortes ? Quais são os seu valores ? O que quer fazer e o que deseja conquistar?  Parace óbvio ? Muitas pessoas não tem idéia. Como você irá se valorizar como pessoa, se não se conhece ?

2. ACEITE-SE: Depois que você entender quem é, aceite. Algumas coisas podem ser mudadas, outras não. De qualquer modo, você é uma edição rara e limitada.  Um ser único, com qualidades e defeitos, digno de amor e respeito como todos os outros.

3. CRÍTICO INTERNO: É aquela vozinha interior que todos nós temos. Aquela que te diz que você não é bom o suficiente, que não vai conseguir, que todo mundo é melhor que você. Esta voz é só o que você pensa sobre você mesma, não é a verdade. Substitua o que você costuma pensar de si por novas crenças, que sejam positivas e verdadeiras.

4. APROVAÇÃO: Uma característica comum em pessoas que tem uma baixa autoestima é depender da aprovação e da opinião de outras pessoas, muitas vezes pessoas que nem são importantes e não fazem a menor diferença na sua vida. A sua opinião e a sua vontade são sempre mais importantes. 

5. PERDOE-SE: Todos já erramos e fizemos esclhas ruins no passado. Tudo bem, é assim que crescemos. Você não pode mudar o que já aconteceu mas pode escolher mudar como encara a situação e como prefere se escolher a respeito.

6. PESSOAS NEGATIVAS: Sabe aquelas que pessoas que só reclamam, aquelas que te criticam ( críticas construtivas e expostas com amor são sempre bem vindas ), e te alfinetam sempre que podem ?  Pois é, elas não estão trazendo nada de bom para a sua vida. É preciso se afastar de forma consciente. Uma pessoa que se ama, preza pelos bons relacionamentos. Afastar-se de pessoas negativas é regra de ouro para desenvolver-se.

7. AGRADEÇA: As pessoas com boa autoestima normalmente vêem o copo meio cheio e são gratas pelo aquilo que têm. Todos temos motivos para agradecer. Todos os dias.

8. PARE DE ADIAR: Sabe aquela lista de pendências a resolver? Faça uma lista e vá resolvendo. Isso vai aumentar a consideração e o respeito por si. Um dos fatores mais citados por pessoas que não se admiram é o fato de não fazerem o que precisa ser feito.

9. ASSUMA RISCOS: Comece com pequenos passos, se desafie. Dê uma chance de mostrar a si mesma que você é capaz. Isso vai fazer aumentar a sua autoconfiança e naturalmente você ficará orgulhosa de si mesma. 

10. PEQUENOS PRAZERES: Inclua em sua rotina atividades que te dão prazer. Simplesmente porque você gosta e merece.

11. NÃO SE COMPARE: Comparar-se é o caminho mais curto para abalar o amor próprio e a autoconfiança. Sempre terão pessoas mais bem sucedidas, em todas as áreas, sempre. E não tem problema ! Todos temos méritos, qualidades e desafios. ” Quando você se compara, você perde” – Osho

12. HONESTIDADE: Confiança vem ao saber que o que você está fazendo é certo e é certo para você.

13. DIZER NÃO: Na ânsia por aprovação e amor, muitas pessoas não dizem não e muitas vezes passam por cima de seus valores e da própria integridade. Acabam ficando com raiva de si. Não tá afim, não concorda ? Diga não. Não precisa ser grosseiro. Se a outra pessoa se ofender, ela que é ofensível.

14. INTUIÇÃO: Todos temos. Escute.

15. ESTEJA PRESENTE: Um dos maiores presentes que você pode dar a si mesmo, é estar presente, a cada chance que tiver. Sua vida não está entre os momentos de seu nascimento e morte e sim entre o agora e sua próxima respiração. 

16. CUIDE-SE: Uma pessoa que se ama, cuida de si e de sua saúde.

17. NÃO SE LEVE A SÉRIO: Vamos errar, cair, falhar. É inevitável. Rir deixa tudo mais leve.

18. PROCURE AJUDA: Não somos super-heróis. Todos precisamos de ajuda em algum momento. Tá difícil sozinho? Procure amigos, família, profissinais. Lembre-se quem se ama, se cuida.

19. AUTOCOMPAIXÃO: Solidarize-se com a sua própria dor e sofrimento, eles fazem parte da experiência humana.

20. METAS: Tenha metas e objetivos para a vida, nas diversas áreas.

21. ESPIRITUALIDADE: Não importa o que você entende por espiritualidade. Pode ser ficar em silêncio, pode ser estar na natureza. É o que faz sentido para você. 

“Amar a si mesmo é o começo de uma aventura que dura a vida toda”.

 – Oscar Wilde –

Do Blog

Autossabotagem

Sabe aquela situação que você não consegue mudar, que insistentemente se repete em sua vida ? Então, não foi a situação que não mudou. Foi você ! E se do lado de cá do monitor eu pudesse chutar, diria que foi Autossabotagem, uma forma inconsciente de agir para que eu...
Ler

Sombra, para quê te quero ?

O Efeito Sombra  popularizou-se devido ao documentário e livro homônimos, este escrito por Debbie Brown, Deepak Chopra e Marianne Williamson, em 2010. Entretanto, o pai do conceito e do termo foi o psicanalista Carl Jung. O livro de Debbie Brown  traz o entendimento...
Ler

Como construir um Diálogo Interno positivo

Como construir um Diálolgo Interno positivo ? Dialógo Interno é aquela conversa interior que todos temos. Saiba mais no post anterior. O que você diz a si mesmo é extremamente importante e influencia sua diretamente a autoestima e a autoconfiança. Idealmente,...
Ler

Diálogo Interno

Diálogo Interno: O que você se diz ? Todos nós falamos sozinhos, o tempo todo. A maioria das vezes de forma não verbalizada e muitas pessoas ainda não se deu conta deste diálogo. Ao longo do dia estamos constantemente pensando e interpretando as situações em que nos...
Ler

Autoaceitação: Como desenvolver ?

Aceitar-se significa abraçar a totalidade de quem se é, não só as partes “estimáveis” mas principalmente aquelas que não gostamos em nós mesmos e que todos temos. A Autoaceitação é um passo fundamental na construção de uma Autoestima saudável. A grande questão é que...
Ler

Marina Aniya é Coach membro ICC (International Coaching Community), Coach e Mentora ISOR – Holomentoring® , Master Practitioner PNL, Terapeuta Holística, Terapeuta Floral, Pós-Graduanda em Docência da Meditação, Graduanda em Filosofia. Estuda desenvolvimento pessoal há 10 anos e trabalha com Mulheres há 5 anos.

“Eu acredito na co-criação de um mundo melhor e penso que este mundo se constrói a partir de pessoas melhores. Acredito que precisamos e devemos cuidar uns dos outros, e que o ponto de partida começa em se amar, pois é difícil dar o que não se tem, e se uma pessoa não ama a si mesma, dificilmente amará os outros. Acredito que somente uma pessoa em paz com a sua essência é capaz de emanar positividade. E eu acredito que uma mulher ciente de seus potenciais é agente transformador deste novo mundo de mais respeito e compaixão.”

Share This