Não lembro a primeira vez que ouvi, ou li,   mas a verdade é que nunca mais saiu da minha cabeça: Diz a lenda que se você pegar um sapo e colocá-lo numa panela com água fria e gradativamente aquece-la, o sapo fica lá, não reage e acaba  morrendo cozido! Mas se você pegar um sapo e jogá-lo numa panela com água fervendo, ele pula e escapa.

 

É só uma lenda, uma metáfora. Mas serve para muita gente. Suportamos situações ou relações que nos fazem infelizes ou no mínimo, não trazem prazer e alegria. Pode ser um trabalho que começou temporário, um namoro que não era pra ser sério mas é melhor ter um sapato velho que andar descalço, não é mesmo ? Pode ser viver numa cidade que você odeia e achou que a essa altura, já estaria longe. A questão é que temos uma incrível plasticidade que nos faz acostumar com tudo.

Tanto que às vezes nem pensamos no assunto. Sabemos que nos sentimos incompletos, infelizes mas vamos vivendo um dia após o outro, absorvidos pelo cotidiano urgente. Há que se entender que períodos de dedicação e esforço sempre são necessários quando se quer chegar a um objetivo maior lá na frente e não é disso tipo de “sacrifício” que estou falando. Falo de não se viver a vida que se quer. Falo de se perder nas obrigações de pagar as contas e não se divertir com o percurso. Falo de não se permitir sonhar grande.

Seja honesto e faça uma reflexão. Você é um sapo? Está passiva perante sua vida e deixando-se levar? Simplesmente suporta situações ou pessoas porque, afinal de contas, sempre poderia ser pior?

Mas, como saber se sou um sapo na panela, já que é difícil avaliar uma situação quando estamos vivendo, no meio da experiência? Coloque-se no lugar do outro! Conte para você mesmo tudo o que anda passando e ouça como se estivesse ouvindo sobre alguém que você conhece. Como você se sente? Acha uma loucura, um absurdo tudo? É mais fácil julgar assim. Talvez você descubra que não sabe como ou porque anda tendo a vida que tem. Espero que você pule da sua panela antes que seja tarde demais.

Se descobriu sapo e não sabe o que fazer ? Um Processo de Coaching pode te ajudar. Se decidirmos que poderemos co-criar juntas, eu irei te estimular a sair da sua zona de conforto, você vai enxergar com clareza quais são seus objetivos, embasados nos seus Valores e na sua Missão. Traçaremos um plano de ação para que você realize, através de um maior Autoconhecimento, Aumento da percepção de potenciais e oportunidades, Melhor gestão do tempo, foco e Motivação.

Leia também

Share This